Esportes

Esgrima do Paulistano fecha Brasileiro 2021 com 11 medalhas

A equipe de esgrima do Paulistano conquistou 11 medalhas no 91.º Campeonato Brasileiro sênior, disputado em Porto Alegre (RS), no último final de semana (de 7 a 11 de outubro de 2021).

Pietra, Karina e Luiz no pódio do sabre feminino, em Porto Alegre. Foto: Rosele Sanchotene/CBE/Divulgação

Logo no primeiro dia teve um pódio com os irmãos Garrigós: no sabre masculino, Murilo foi ouro, com Henrique ficando com o bronze. A categoria teve ainda Fábio Salles em 6.º lugar, Rafael Lee em 12.º, Fernando Fachini em 15.º e Lorenzo Chierighini em 16.º. Já no florete feminino, Carolina Brecheret ficou na 9.ª colocação, Laura Papaiano na 11.ª e Deise Falci na 15.ª.

Já no dia 2, um pódio só com atletas do CAP, no sabre feminino: Karina Trois foi campeã na decisão contra Pietra Chierighini, que ficou com a prata, seguido de Luiza Lee, bronze. As meninas ainda tiveram, no florete feminino por equipes, um 2.º lugar com a equipe 2 de São Paulo (Carolina Brecheret e Deise Falci). Laura Papaiano ficou em 4.º com a equipe 1 de São Paulo.

No sabre masculino por equipes, Fábio Salles e Henrique Garrigós ficaram com o ouro na equipe 1 de São Paulo. Já Rafael Lee, Lorenzo Chierighini e Murilo Garrigós em 3.º, com a equipe 2 de São Paulo. Por final, na espada masculina, Guilherme Garcia ficou em 22.º e Antônio Garcia em 28.º lugar.

No domingo, as equipes seguiram conquistando mais medalhas. Karina Trois, Pietra Chierighini e Luiza Lee, formando a equipe de São Paulo, ficaram com o ouro no sabre feminino. Na espada feminina, Renata Zettermann foi 6.ª, Ana Paula Brecheret 12.ª, Cecília Galvão 18.ª e Patrícia Di Cunto 21.ª colocada.

Já no florete masculino, Ricardo Pacheco terminou em 7.º lugar, Guilherme Murray em 8.º, Rafael Tomino em 14.º e Giovanni De Nigris em 19.º.

Fechando a competição, na segunda-feira, no florete masculino, a equipe 2 de São Paulo terminou em 2.º lugar, com Giovanni De Nigris e Rafael Tomino, após vencer a equipe principal de SP na semifinal. Na espada feminina, a equipe de SP, com Renata Zettermann, terminou em 3.º lugar.

Aumentar Texto
Contraste